Calendário Editorial de Blog: veja como criar o seu!

tempo de leitura: 5 minutos

Calendário-Editorial-de-Blog-veja-como-criar-o-seu

52% dos profissionais de Marketing B2B afirmam que o blog é o elemento mais decisivo em suas estratégias. Este dado foi apontado na pesquisa B2B Content Marketing 2017, realizada pelo Content Marketing Institute (CMI).

Embora este elemento seja impulsionado por outros canais, como e-mail e Redes Sociais, o blog é fundamental para gerar tráfego, facilitar o processo de venda e criar a melhor comunicação com clientes e potenciais clientes.

No entanto, é necessário criar um cronograma frequente e, principalmente, com conteúdo de qualidade. E exatamente para isso que o Calendário Editorial serve. Veja agora como criar o seu!

O que é o Calendário Editorial

É uma das ferramentas que gestores de conteúdo e gerentes/editores de blogs utilizam para acompanhar a publicação e distribuição de conteúdo.

É uma forma de documentar ideias de pautas e demais materiais a serem produzidos. É também um recurso para gerir o status das publicações e a participação de colaboradores: redatores, designers e revisores.

Benefícios do cronograma de postagens

O Calendário Editorial auxilia o fluxo contínuo de produção de conteúdo, o que é fundamental para a estratégia, pois um blog desatualizado não tem muita credibilidade.

Desta forma, esta ferramenta permite:

  • Organizar os temas a serem abordados em determinado período de tempo
  • Acompanhar o desenvolvimento desses temas
  • Evitar atrasos
  • Manter a mesma frequência de publicações
  • Criar um processo claro de trabalho entre sua equipe de Marketing de Conteúdo
  • Evitar duplicação de temas e títulos
  • Facilitar a criação de link building, utilizando os links internos do blog
  • Controlar a quantidade de posts para cada etapa da Jornada do Consumidor
  • Controlar a quantidade de posts por semana/mês
  • E mais!

O que não pode faltar no seu Calendário

Veja agora o que não pode faltar no cronograma de seu blog:

  1. Pauta: o título do blog post;
  2. Tipo/Formato: o formato do post, por exemplo: blog post 600 palavras, Podcast de 30 minutos, etc.;
  3. Categoria do Blog: a categoria do blog;
  4. Tags do Blog: as tags que deverão ser adicionadas no post;
  5. Redator: o produtor de conteúdo responsável pela pauta;
  6. Data de Entrega: a data referente à entrega da primeira versão do texto produzido pelo redator;
  7. Data de Publicação: a data final para o texto ser publicado;
  8. Status: se a pauta já foi enviada para o redator, se o redator já enviou a primeira versão para revisão, se o texto já foi revisado e se está pronto para ser agendado e posteriormente publicado;
  9. Palavra-chave em foco: a palavra-chave que será tratada em todo texto;
  10. Buyer Persona: o público dirigido da pauta;
  11. Estágio da Jornada do Consumidor: conhecimento, consideração ou decisão. Aprenda neste post anterior o que é e como utilizar a Jornada do Consumidor.
  12. CTA: a chamada de ação do post;
  13. URL post: o link do post;
  14. Evento/Oferta: se houver, o material a ser promovido e divulgado através do post;
  15. URL do CTA/Landing Page/Oferta: o link para o material;
  16. Detalhes/Comentários: se há mais alguma coisa a dizer, especifique neste campo. Você pode adicionar aqui, por exemplo, como e quando o post deverá ser compartilhado nas Redes Sociais.

Ferramentas para criar o Calendário Editorial

Veja agora como você pode reunir e documentar todas as informações do seu programa de conteúdo:

  1. Planilhas: no Excel ou Google Planilhas;
  2. Aplicativo de agenda: por exemplo, o Google Agenda.
  3. Calendário do WordPress: a maioria dos blogs é feito com o WordPress. Se este é o seu caso, você pode utilizar um plugin editorial para fazer sua organização de posts dentro do CMS. Exemplo: Editorial Calendar.

O processo de criação de conteúdo

Criar um cronograma contínuo de produção de conteúdo de qualidade exige organização, pesquisa, dedicação e persistência.

O fato é que nem sempre as ideias de conteúdo virão naturalmente. Ao longo das publicações, é possível que os seus temas se esgotem e você fique sem conteúdo para produzir.

Desta forma, para evitar esse bloqueio criativo, você pode tomar algumas medidas, como criar processos de criação de conteúdo.

Para isso, você pode fazer:

  • Brainstorming: atividade para extrair ideias criativas focadas em determinado objetivo. O ideal é que se faça em grupo, mas você pode executar sozinho: crie um ambiente com imagens, vídeos e músicas, para estimular sua criatividade, e comece a anotar todas as ideias que vierem a sua mente. Posteriormente, avalie as melhores opções e utilize para a criação do seu conteúdo.
  • Pesquisa em sites para descobrir conteúdo: utilize ferramentas online para saber o que os internautas mais procuram na internet. Isso lhe trará sugestões sobre o que produzir. Exemplos de sites que você pode utilizar: Google Tends, Buzzsumo, Quora.
  • Observar o comportamento de sua audiência: leia os comentários de seus leitores e analise quais páginas de seu blog têm maior número de visitas. Retire novas ideias do que foi coletado e utilize-as para criar novos posts;
  • Observar a concorrência: fique atento ao que seus blogs concorrentes estão publicando e veja como você pode se diferenciar, filtrando o que é mais relevante para a sua audiência e produzindo algo original, abordado de outro ponto de vista.

Em um post que escrevi para o blog SEMrush Brasil, eu abordo mais sobre este processo de criação. Dá uma olhadinha no post sobre como continuar produzindo conteúdo de qualidade e aprenda outras dicas para não deixar de criar novos materiais.

Dicas para o seu cronograma

Antes de começar a criar o seu calendário, planeje muito bem suas ações. Adote uma frequência que possa ser mantida, a fim de criar um programa de produção de conteúdo constante.

Isso é bom para os leitores e para a avaliação do seu blog pelos motores de busca – cujo algoritmo de classificação visa a melhor experiência para o usuário. Nisto, tanto a relevância do conteúdo quanto a frequência pesam nos resultados.

Portanto, se você sabe que não dará conta de criar posts diariamente, comece publicando 1 a 3 vezes na semana. Depois, conforme a evolução de seu Marketing de Conteúdo, analise uma frequência maior.

Vale ressaltar que a qualidade deve ser priorizada sobre a quantidade. Da mesma forma, o formato/tamanho dos posts: pense em sua Buyer Persona e analise se ela dispõe de tempo para ler um post com mais ou menos palavras.

Ainda, tente variar os tipos de conteúdo: além de blog posts, publique também vídeos, fotos, infográficos, podcasts, etc. Novamente, tenha em mente o conteúdo apreciado pela sua Buyer Persona. É este perfil que deve dirigir a produção de seu conteúdo.

Conclusão:

O blog é essencial para o Marketing Digital. No entanto, de nada vale ter um blog desatualizado ou sem conteúdo direcionado para sua Buyer Persona. Portanto, é preciso se organizar, criar processos capazes de auxiliar a produção contínua e gerenciar o conteúdo criado. Para isso, o Calendário Editorial é a solução ideal e, quem consegue mantê-lo, aumenta as chances de criar um blog de sucesso.


Gostou? Então compartilhe! Quer começar a agilizar a gestão de seu blog agora mesmo? Então baixe o KIT Gestão de Blog – Para Editores e Gerentes de Conteúdo. Nele, você receberá um template de Calendário Editorial Para Blog. É gratuito, aproveite!

material-gratuito-kit-para-editores

BAIXAR KIT COM TEMPLATE DE CALENDÁRIO EDITORIAL

 

2 Respostas

  1. Gabriela Ferreira
    Gabriela Ferreira

    Muito útil! Agora sei como criar meu calendário editorial 🙂

  2. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Que bom que o post foi útil para você, Gabriela. Esta ferramenta é fundamental para o meu blog. Se estiver precisando, é só baixar o material gratuito. Você não vai se arrepender de começar a criar e utilizar o seu próprio Calendário Editorial. 😉

Deixe uma resposta