Como transformar uma monografia em um livro

tempo de leitura: 4 minutos

Como transformar uma monografia em um livro - Dani Ferreira - Projetos Visuais - Criação de capa para livros impressos e e-books - Designer Gráfico, Capista e Redator.

Há quem diga que escrever um livro é uma tarefa para poucos. Mas você já fez isso — em seus trabalhos de conclusão de curso, trabalhos acadêmicos, monografias e teses de mestrado e doutorado. Então, por que não publicá-los? Confira agora as vantagens e como transformar uma monografia em um livro.

Vantagens de publicar seu próprio livro:

Em aspectos acadêmicos, transformar sua monografia em um livro de verdade, com todos os atributos de uma produção editorial profissional, é algo que gera destaque para seu perfil profissional, promove seus conhecimentos, causa boa impressão, prestígio e demonstra que você é especialista na sua área de atuação.

Além disso, ao investir em uma produção editorial profissional, com o básico do que se requere de um bom projeto gráfico e editorial, você terá posse de um produto real e rentável. Pense bem: se você se dedicou em aprofundar seus conhecimentos em determinada área e confiou o sucesso de sua monografia a esse conhecimento adquirido, outros também podem se interessar pelo seu trabalho, aprender com ele e utilizá-lo como fonte de conhecimento para seus próprios fins acadêmicos. Não é interessante?

Outra vantagem em transformar sua monografia em um livro é a satisfação pessoal adquirida ao final da produção editorial e do livro pronto. Você pensou que um dia seria autor de um livro? Isso é muito compensador e admirável. Imagine compartilhar com seus amigos, familiares, colegas de trabalho, comunidade acadêmica e (por que não) com o mundo, um texto que você dedicou boa parte do seu tempo desenvolvendo. Seria muito interessante, não é mesmo?

Então, com isso em mente, já é possível perceber como é vantajoso investir e transformar sua monografia em um livro. Além de destaque profissional e acadêmico, prestígio e satisfação pessoal, você ainda pode receber por sua obra e ganhar um dinheiro extra por isso. Com tantas vantagens, vale a pena.

A edição do conteúdo:

Agora que você já conhece as principais vantagens de produzir seu próprio livro, talvez você esteja pensando em como fazer isso. Será tão simples transformar um texto em um livro? Essa tarefa pode ser trabalhosa, mas está longe de ser impossível.

Em primeiro lugar, em se tratando de uma monografia, você deve avaliar alguns aspectos de seu texto, a fim de transformá-lo em um livro bem-sucedido. Para atrair o leitor, é preciso algumas adaptações, tirar levemente o caráter acadêmico, fugindo um pouco das normas da ABNT. Você pode transformar o abstract e o resumo em um prefácio simples, descrevendo aos leitores o conteúdo de sua obra.

Em caso de dúvidas com relação a essa parte da edição, você pode buscar o auxílio de profissionais da área: editores, revisores, leitores críticos e coordenadores editoriais, por exemplo. Feito isso, ao final desse processo, você terá um texto pronto para passar pelos próximos passos editoriais.

Como publicar um livro:

Esta é a questão que passa pela mente de todo escritor: como publicar o meu livro? Pode parecer, mas isso não é impossível. E trataremos agora sobre algumas formas viáveis de publicar um livro.

1 – Envie seu original para uma editora:

A forma mais “popular” de publicar um livro é por meio de uma editora profissional. A maioria dos escritores almeja o prestígio de ter um selo editorial famoso na capa de seu livro. E isso não é impossível.

Para enviar seu original para editoras, faça uma pesquisa minuciosa sobre o perfil editorial delas, visando àquelas que publicam textos semelhantes ao seu original. Não adianta enviar um texto sobre economia para uma editora de livros infantis. Ela não demonstrará interesse. Assim, para evitar frustração desnecessária, segmente muito bem sua pesquisa e busque por editoras compatíveis com seu original.

2 – Autopublicação, ser um autor independente:

A resposta de editoras nem sempre ocorre de maneira rápida. Além disso, em se tratando de autores iniciantes, o valor recebido pelos direitos autorais também não é muito atraente. Por esses motivos, alguns autores preferem ingressar sua carreira literária de forma independente, se autopublicando.

A autopublicação pode ser a alternativa certa para um projeto. E não precisa ser um investimento tão grandioso. Escolhendo bem os materiais e coordenando o processo efetivamente, você pode reduzir custos e garantir melhores lucros.

Quanto ao formato para a publicação, você pode optar pelo físico ou digital. Para isso, avalie os objetivos do seu projeto, analise o custo-benefício e certifique-se de tomar a decisão ideal para a produção de seu livro.

Em se tratando de livro impresso e/ou digital, o mais importante na hora de escolher entre um e outro é se o leitor público-alvo tem ou não preferências por um formato ou outro. Afinal, o leitor de livro impresso nem sempre é o mesmo de livro digital, então, faça uma pesquisa minuciosa de público-alvo, avalie todos os dados com atenção e escolha a opção certa.

Mas, se você tem os recursos necessários, não é preciso pensar entre uma opção de autopublicação ou outra. Neste caso, seria interessante publicar seu livro tanto no formato físico como no digital — o e-book.

Em relação aos custos, o e-book certamente renderá menos gastos para a produção de seu livro. O e-book surgiu para facilitar a leitura, e a sua produção é menos custosa — o que não significa perda de qualidade.

Por outro lado, se o seu público-alvo for o de livro impresso, não se aflija. Por mais que a produção do livro físico possa ser mais cara, há maneiras de reduzir os custos, como a escolha do material (papel, dimensões do livro, etc.), e o tipo de impressão. Atualmente, existem formas menos custosas para imprimir livros com pequenas tiragens. Esse é o caso da impressão digital, que possibilita a publicação por demanda, menos cara e sem perder a qualidade do produto final.


Gostou do post? Então, compartilhe com seus amigos e sua rede de relacionamentos! Deixe seu comentário e conte o que você achou deste post. Envie suas dúvidas ou conte um pouco de sua experiência. Sua opinião é muito importante! 😉