Imagem bitmap VS. imagem vetorial: diferenças e aplicações

tempo de leitura: 3 minutos

Imagem-bitmap-VS-imagem-vetorial

As imagens visualizadas na tela do computador podem ser classificadas em: imagem de bitmap ou imagem vetorial. Esses dois tipos de imagens têm suas devidas aplicações, formas adequadas de uso, edição e manipulação. Entendendo isso, fica muito mais fácil de administrar projetos gráficos, sejam eles simples ou de maior complexidade. Pronto para entender fácil e rapidamente esses dois conceitos? Então siga com a leitura!

A imagem de bitmap

A imagem de bitmap é mapeada por bits, a menor unidade de informação utilizada pelo computador.

Assim, quanto maior o número de bits, maior quantidade e tonalidade de cores. O número de bits define com maior ou menor precisão o nível de cada cor.

Normalmente, as imagens em cores produzidas com câmeras digitais ou scanners trabalham com 8bits.

Outra característica da imagem de bitmap é que a qualidade da imagem depende da resolução. Isso significa que elas possuem um número fixo de pixels. Portanto, quando ampliadas na tela ou impressas em uma dimensão maior do que foram criadas, as imagens podem ficar serrilhadas, perder detalhes e aparecerem com uma qualidade inferior.

Aplicações de imagens bitmap

As imagens de bitmap são mais utilizadas como fotografias, imagens finalizadas e criadas em programas de pintura.

Programas de edição de imagens mapeadas por bit

O Photoshop é o software mais utilizado por profissionais de edição de imagens, designers e produtores gráficos. Este é um programa pago, produzido pela Adobe.

Outra solução paga para edições desse tipo de imagem é o Corel PHOTO-PAINT.

A solução gratuita mais popular para edição de imagens de bitmap é o GIMP. Você pode baixar no site e começar a usar.

A imagem vetorial

Diferentemente das imagens bitmap, as imagens vetoriais são criadas em softwares de desenho e são compostas de linhas, ângulos e formas geométricas predefinidas por comandos computacionais e cálculos matemáticos.

Assim, a imagem vetorial, também denominada de gráfico vetorial, pode ser constituída por diversos agrupamentos de figuras. Sua grande vantagem é a independência com a resolução da imagem, e pode ser ampliada e reduzida sem perder qualidade.

Newsletter

Receba por e-mail conteúdo direcionado, útil e relevante!

Aplicações da imagem vetorial

A imagem vetorial é utilizada na criação de logotipos e demais elementos de uma identidade visual.

Em geral, as imagens vetoriais são criadas e produzidas quando há a necessidade de aplicá-las em várias peças de tamanhos diferentes.

Desta forma, como o vetor pode ser redimensionado conforme a necessidade, a imagem pode ser reutilizada de diversas maneiras diferentes, sem perder a qualidade.

Programas para criação e edição de imagens vetoriais

O Illustrator é um dos softwares mais utilizados para criação e edição de imagens vetoriais. Este programa é produzido pela Adobe e, como o Photoshop, é muito comum no dia-a-dia de designers, ilustradores e produtores gráficos em geral.

Outra solução paga para edição e criação de imagens em vetor é o CorelDraw.

Entre as soluções gratuitas de software de desenho, destaca-se o Inkscape.

Conclusão

É muito importante conhecer o básico dos termos técnicos para começar a procurar soluções de comunicação visual. Isso facilita a conversa com designers, empresas gráficas e demais profissionais de edição de projetos gráficos. Portanto, atente-se para os conceitos básicos de um projeto gráfico e coordene mais eficientemente os projetos de sua empresa e negócio.


Fonte: livro a imagem digital na editoração, 2ª edição, Nelson Martins, editora Senac.

Gostou? Então compartilhe! Deixe seu comentário e conte o que você achou mais interessante neste artigo. Críticas e sugestões são sempre bem-vindas. 😉

 

2 Respostas

  1. muito bom esse tutorial! explicação rápida e efetiva.

  2. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Que legal, Josue!!! Fico muito feliz que tenha gostado. Obrigada pelo comentário 🙂

Deixe uma resposta