O que NÃO é Marketing de Conteúdo: aprenda como deve ser a sua estratégia

tempo de leitura: 8 minutos

O-que-NÃO-é-Marketing-de-Conteúdo

Muitos já ouviram falar sobre a estratégia capaz de atrair novos clientes e também aumentar o engajamento com a marca, contribuindo para a fidelização de clientes. Mas, será que você sabe realmente como o Marketing de Conteúdo funciona? Acompanhe comigo este post e veja o que não corresponde a esta estratégia.

Marketing de Conteúdo é um programa de Marketing com o objetivo de atrair e envolver clientes e potenciais clientes através da criação, publicação e distribuição de conteúdo valioso e relevante, proporcionando maior engajamento com a audiência, gerando uma imagem positiva para a empresa e, assim, mais negócios.”.

Marketing de Conteúdo não é o que você pensa

É muito importante entender este primeiro ponto: o conteúdo produzido em sua estratégia não deve ser sobre o que você pensa, mas sim sobre o que é útil, valioso e relevante para sua audiência.

O Marketing de Conteúdo é sobre e para a sua audiência. Não é sobre como sua empresa é a maioral naquilo que faz. Isso não atrai nem envolve os leitores. Pelo contrário.

Segundo a HubSpot, o consumidor não quer se sentir vendido, ele quer ser ensinado. Ou seja, o seu cliente e potencial cliente quer ser instruído antes de tomar a decisão de escolher seu produto/serviço.

Portanto, para começar a fazer Marketing de Conteúdo (de verdade), você precisa saber quem é essa audiência. É isso o que chamamos de Buyer Persona.

Buyer Persona é uma representação semifictícia de um cliente ideal, fundada em dados reais e criada através de análise, pesquisa e observação de pessoas que já são clientes, objetivando compreender a mentalidade de potenciais clientes para criar conteúdo direcionado.”.

Aprenda mais sobre Buyer Persona e como criar a sua neste e-book gratuito

ebook-gratuito-buyer-persona-dani-ferreira-projetos-visuais

BAIXAR E-BOOK BUYER PERSONA: O QUE É E COMO CRIAR

Marketing de Conteúdo não é publicar de vez em quando no seu blog

Você se encantou com a ideia de gerar mais negócios através da produção de conteúdo direcionado para sua Buyer Persona? Ótimo! Mas é preciso muito mais do que alguns blog posts publicados uma vez na vida e outra na morte.

Sua estratégia precisa de consistência e persistência. Ou seja, é preciso manter uma frequência constante e, além disso, os conteúdos devem ser planejados e relacionados entre si. Assim, você consegue mais engajamento com seus leitores, que saberão que poderão encontrar em seu blog o conteúdo certo em determinado período de tempo.

Além disso, a qualidade deve ser a prioridade de seu blog. Não adianta produzir 50 posts por mês se eles não respondem aos anseios de sua Buyer Persona. Isso não trará o retorno que sua estratégia precisa.

Portanto, se você acha que só conseguirá produzir 1 bom post por semana, ou seja, aquele post que sua audiência realmente tem interesse em ler, mantenha esta frequência. Você pode ir aumentando a quantidade conforme o amadurecimento do seu programa de Marketing.

Agilize a produção de conteúdo com este KIT gratuito para editores/gerentes de Blog

imagem-kit-para-editores

BAIXAR KIT PARA EDITORES DE BLOG

Marketing de Conteúdo não é apenas texto

O blog é fundamental para o Marketing de Conteúdo. Mas, não quer dizer que sua estratégia deve ser baseada em produzir somente textos. Conteúdo é informação, e informação pode ser transmitida de diversas formas diferentes.

Incremente seus posts com imagens, vídeos, áudios e quantos formatos mais forem apreciados por sua Buyer Persona (não esqueça nunca dela!). Porém, não adianta criar um texto incrível sem conectá-los devidamente aos outros formatos utilizados. Suas variações de formato devem priorizar sempre a qualidade — que é a relevância a qual sua audiência atribui ao conteúdo.

Segundo uma pesquisa da Cisco, até 2019, o vídeo será responsável por 80% do tráfego pela internet. Para o Youtube, é preciso criar conteúdos específicos para a audiência de capa país, ou seja, o que ela quer ver. Desta forma, vale a apena investir neste formato e incrementar seus posts com vídeos direcionados para a sua audiência. Assim, suas chances de sucesso são muito maiores.

A imagem também é muito útil para proporcionar mais valor ao seu conteúdo escrito. O estudo da Ethos3 mostra que a informação visual tem um total de visualização 94% maior do que apenas informação em texto. No entanto, suas imagens devem ilustrar perfeitamente seu conteúdo, de modo a facilitar o entendimento do leitor.

Outra opção interessante para distribuir conteúdo é o áudio. Assim como o vídeo, o conteúdo sonoro é mais fácil e rapidamente absorvido pelos usuários. Assim, você pode pensar em produzir podcasts ou criar uma versão em áudio do seu post. Eu falarei mais sobre essa tendência nos próximos posts, então fique ligado para saber mais!

Receba minhas dicas por e-mail e fique ligado nas últimas tendências de produção de conteúdo

Newsletter

Receba por e-mail conteúdo direcionado, útil e relevante!

Marketing de Conteúdo não é só produção de conteúdo

O conteúdo produzido não é uma arte qualquer. Marketing de Conteúdo é a arte de produzir conteúdo capaz de gerar vendas. Muitos esquecem a parte Marketing da estratégia e ficam apenas com o conteúdo. Isso é um erro, pois como um programa de Marketing, a produção deve dar suporte ao time de vendas.

Desta forma, a sua produção de conteúdo deve ser eficiente em: atrair visitantes para o seu blog/site, converter alguns deles em Leads, nutrir esses Leads a fim de torná-los mais qualificados para o time de vendas, fechar essas oportunidades em clientes e, por fim, encantá-los e torná-los promotores da marca.

Para isso, o Marketing de Conteúdo deve caminhar junto a outras estratégias e metodologias, como as técnicas de otimização SEO — e a Metodologia Inbound.

Esses são alguns dos elementos que são frequentemente entrelaçados ao Content Marketing. Mas você pode utilizar quantas mais forem necessárias para alcançar as metas de seu projeto.

Além disso, a produção de conteúdo deve ser mensurada. Medir é fundamental para as ações de Marketing, e não seria diferente com o conteúdo. Defina métricas relevantes para medir o desempenho de sua produção, ou seja, capazes de informar se o seu objetivo está sendo alcançado. Isso permite ajustes e aprimoramentos. Mais a frente, falarei mais deste ponto.

Como deve ser o seu Marketing de Conteúdo

Para obter sucesso, é preciso traçar uma estratégia alinhada com os objetivos que você precisa alcançar a curto, médio e longo prazo.

No entanto, vale ressaltar que as ações de Marketing de Conteúdo nem sempre geram os resultados tão rapidamente. Por isso, pense em um período razoável para medir se suas ações estão sendo eficientes ou não.

Assim, após reunir todas as informações detalhadas de sua estratégia, é fundamental documentá-las. Isso proporcionará um caminho eficaz, claro e transparente para a execução do seu programa de Marketing, tanto para você quanto para sua equipe.

Planejamento

O primeiro passo é planejar sua estratégia. Esse planejamento deve conter:

  • Seus objetivos
  • Suas Buyer Personas
  • A Jornada do Consumidor
  • KPIs
  • Ferramentas que serão utilizadas
  • O processo do pré-venda
  • Formatos de conteúdo
  • Canais de distribuição
  • Funil de vendas
  • Nutrição de Leads
  • O processo de pós-venda
  • O processo e período de mensuração

Anote tudo isso em um editor de texto, nomeie o documento de uma forma que seja fácil encontrá-lo e armazene em um local também de fácil acesso, tanto para você quanto para seu time de Marketing de Conteúdo.

Execução

Com o planejamento em mãos, você já sabe a direção certa do seu Marketing de Conteúdo. Assim, chega a hora de colocar a mão na massa e produzir conteúdos brilhantes!

É nesta fase que suas ideias iniciais são desenvolvidas e transformadas em blog posts, posts de redes sociais, e-books, vídeos, podcasts, guias, estudo de caso, infográficos e quanto mais formatos forem definidos como relevantes para sua audiência.

Embora tudo isso possa ser feito por uma pessoa, dependendo do volume de sua produção, a HubSpot informa que não é recomendável uma pessoa ficar responsável por mais de 3 tarefas. Portanto, busque o auxílio de produtores de conteúdo profissionais e distribua as funções devidas para cada um deles.

Distribuição

É aqui que você irá publicar o seu conteúdo. Quanto mais distribuído, melhor. É assim que os mecanismos de busca classificarão a relevância do seu conteúdo — quando ele é diversificadamente distribuído e compartilhado.

Assim, crie um processo de distribuição de conteúdo: publique e compartilhe nas Redes Sociais, determinando datas e os horários que sua audiência mais consome.

Mensuração

Em sua documentação, descreva o seu estágio antes de ter adotado ao Marketing de Conteúdo. Assim, você terá uma referência para medir seus resultados. Isso é fundamental para analisar o progresso e a maturidade de seu programa.

É importante definir e documentar também seus KPIs (índices de desempenho). São esses índices que você utilizará para analisar sua estratégia.

As ações de Marketing Digital são muito mais mensuráveis do que ações tradicionais de Marketing. No entanto, para medir seu desempenho, é necessário definir índices que estejam alinhadas com seu objetivo. Esses KPIs, também devem ser simples de entender, relevantes, mensuráveis e capazes de levar a ações positivas.

Exemplos de KPIs relacionados aos objetivos mais comuns de estratégias de Marketing de Conteúdo:
  • Brand awareness (reconhecimento da marca): número de curtidas, número de seguidores, número de visitantes, visualizações de vídeo.
  • Engajamento com a marca: compartilhamento em redes sociais; número de páginas visitadas no site; taxa de rejeição (baixa); número de comentários em posts.
  • Educação do mercado: número de páginas visitadas no site; número de assinantes.
  • Geração de Leads: taxa de conversão em landing pages; crescimento da base de contatos.
  • Geração de vendas: número de vendas, vendas/ Leads.
  • Custo por venda: tempo gasto para efetuar uma venda; número de vendas, CAC (custo de aquisição de cliente).
  • Lifetime-value: tempo de contrato de cada cliente; lifetime-value.

O Google Analytics é a ferramenta mais utilizada para reunir os dados relacionados a esses KPIs. Basta instalar o código de rastreamento e começar a coletar os dados relacionados ao seu site.

Além disso, as principais Redes Sociais também têm suas próprias ferramentas de mensuração. Com elas, você pode acompanhar o desenvolvimento de suas publicações.

Lembre-se que cada métrica tem uma frequência mínima/máxima para ser analisada. Por isso, não adianta, por exemplo, medir diariamente o desempenho de cada um de seus posts. Isso não proporcionará nenhum dado significativo para sua estratégia.

Com os dados em mãos, você pode medir os resultados obtidos em sua estratégia de Marketing de Conteúdo e saber o seu ROIReturn on Investment (Retorno sobre Investimento) — uma das métricas mais importantes do Marketing. O ROI pode ser obtido a partir do seguinte cálculo: Ganhos – Custo Total / Custo Total.

Repetição

Feito tudo isso, chegou a hora de reproduzir as ações, adaptando-se às mudanças e à evolução de seu Marketing de Conteúdo. Repetir não significa copiar o que já foi feito. O sentido aqui é seguir este mesmo processo readaptando-se aos seus novos objetivos.

O Marketing de Conteúdo deve evoluir conforme as novas necessidades de sua empresa e de seu time de vendas. Portanto, os objetivos mudam conforme o progresso do programa.

Assim, não se engesse, mas mantenha a mente aberta sobre o que dever ser ajustado em sua estratégia, mesmo com a mesma estrutura de produção.

Conclusão

O conteúdo deve estar no centro de suas estratégias de Marketing, seja online ou off-line. Não pense que o Marketing de Conteúdo funciona só no meio digital. Você também pode aplicá-lo na produção de materiais impressos, como revistas e boletins informativos por correio. O importante é diversificar e criar uma estratégia alinhada com suas metas, tendo sempre em mente que o Marketing de Conteúdo é Marketing e, assim, deve gerar resultados.


Gostou? Então compartilhe! Não quer perder as novas publicações? Curta minha Página do Facebook e fique sempre ligado nas novidades do meu blog. 😉

Curtir Página Facebook Dani Ferreira Projetos Visuais

Deixe uma resposta