PSD, CDR, AI, EPS: qual o melhor formato para o meu logotipo?

tempo de leitura: 4 minutos

PSD-CDR-AI-EPS-qual-o-melhor-formato-para-o-meu-logotipo

O arquivo finalizado de um logotipo é algo muito importante tanto para o cliente quanto para designers que trabalharão em projetos futuros e precisarão reutilizar essa peça. Portanto, é fundamental ter em mãos o formato certo para a ocasião certa. Entre as extensões mais comuns em projetos gráficos, estão: PSD (arquivo do Photoshop), CDR (arquivo do Corel Draw), AI (arquivo do Illustrator) e EPS (Encapsulated PostScript, formato vetorial). Prossiga com a leitura e entenda cada um deles.

Trabalhando com PSD

Arquivos criados com o Photoshop, software da Adobe, são salvos em formato PSD.

Como os produtos da Adobe são compatíveis entre si, é possível importar e criar links de arquivos do Photoshop dentro de outros softwares dessa empresa, como: Illustrator e InDesign.

Os arquivos em PSD possuem características particulares do Photoshop, por isso, o ideal é abri-los e editá-los com este software. No entanto, na falta do programa da Adobe, é possível abrir um arquivo PSD com outro software de edição de imagem, como o GIMP.

 

Quer aprender a fazer lembrancinhas no Photoshop? Aprenda com Fabiano Machado, no curso Academia do Photoshop Para Lembrancinhas”!

 

Trabalhando com CDR

O Corel Draw é um software de desenho, utilizado para criar e editar arquivos gráficos vetoriais. Neste programa, o arquivo final é salvo no formato CDR.

Uma vantagem de trabalhar com o Corel Draw é que ele permite importar diversos formatos, inclusive arquivos do Illustrator (AI) e arquivos vetoriais EPS. Além disso, este software de desenho também exporta em muitos formatos, além dos já citados, também em Photoshop.

Da mesma forma do PSD, o ideal é abrir e editar arquivos CDR no Corel Draw. No entanto, é possível abrir esse tipo de arquivo com o Inkscape, um software de desenho open source disponível para download gratuito.

Trabalhando com AI

O Adobe Illustrator é um dos softwares mais populares para a criação de gráficos vetoriais. É um dos preferidos pelos designers devido aos recursos e fácil comunicação com o Photoshop e InDesign.

Os arquivos criados neste software de desenho são salvos no formato AI. Desta forma, o ideal é abrir e editar este tipo de arquivo com este programa, mas é possível utilizá-lo no Corel Draw e o Inkscape.

Newsletter

Receba por e-mail conteúdo direcionado, útil e relevante!

Trabalhando com EPS

O EPS é um arquivo PostScript (PostScript encapsulado), que pode conter gráficos 2D, vetor, imagens de bitmap e texto. O seu destino é ser usado como arquivo gráfico. A maioria dos softwares de criação / edição de imagem vetorial aceita a importação deste formato e também salva como e exporta em EPS.

Qual o melhor formato para o logotipo?

Ao contratar um designer gráfico para criar ou reformular o logotipo de sua empresa, converse com o profissional sobre o envio de todos os arquivos do projeto. Isso envolve: imagens em alta resolução (JPEG, PNG e PDF) e também imagens vetoriais — que podem variar de extensão devido à preferência de software pelo designer.

A imagem vetorial

Como eu já expliquei no post sobre imagem bitmap e imagem vetorial, o gráfico vetorial é composto de linhas, ângulos e formas geométricas predefinidas por comandos computacionais e cálculos matemáticos. Assim, pode ser constituída por diversos agrupamentos de figuras.

A grande vantagem de trabalhar com a imagem vetorial é que, diferentemente de imagens no formato JPEG ou PNG, ela pode ser ampliada e reduzida sem perder a qualidade.

Portanto, mesmo que você tenha em mãos as imagens em alta resolução de seu logotipo, é fundamental ter também o arquivo vetorial utilizado no desenvolvimento do projeto. Assim, você terá liberdade para utilizar seu logotipo tanto em um cartão de visita como em um outdoor, na medida em que o vetor pode ser reduzido e aumentado conforme a necessidade, sem perder a qualidade da imagem.

PSD, CDR, AI ou EPS?

Para o desenvolvimento de um logotipo, o ideal é que a criação seja feita em um software de desenho, como o Corel Draw e Adobe Illustrator.

Poucos designers utilizam o Photoshop para o desenvolvimento de um logotipo, e realmente este não é o programa ideal para a confecção dessa peça. Isso porque a função principal do Photoshop é ser um editor de imagens (JPEG, PNG, Bitmap, etc). Desta forma, o programa não trabalha bem com vetores e não tem muitos recursos de desenho, fundamentais para a criação de um logotipo.

Assim, restam os formatos CDR, AI e EPS. O designer gráfico pode ter preferências quanto ao software utilizado para a confecção do logotipo. Assim, a entrega do arquivo final pode ser em CDR ou AI. Porém, é recomendável, além do arquivo de criação mais as imagens em alta resolução, ser enviado também uma versão do logotipo em formato EPS. Isso porque os softwares de edição vetorial geralmente não apresentam problemas em importar o EPS. Desta forma, o EPS é mais compatível com a maioria dos softwares.

Assim sendo, para uma entrega satisfatória do seu logotipo, o ideal é solicitar ao designer gráfico: os arquivos de criação (seja qual for o software de desenho de sua preferência), a versão vetorial em EPS e as versões de imagens em alta resolução — JPEG, PNG e PDF.

Conclusão

A criação de um logotipo certamente envolverá, mesmo que futuramente, o desenvolvimento de outras peças gráficas, como banners, cartazes, cartão de visita e outros elementos de uma identidade visual. Portanto, para aplicar o logotipo criado em qualquer outra peça de divulgação, sem perder a qualidade, é fundamental ter em mãos os arquivos certos. O arquivo vetorial é o ideal, visto sua independência com a resolução da imagem, fácil adaptação à redução e aumento de tamanho e possibilidade de exportar em outros formatos, como imagens bitmap, imagem JPEG, PNG, PDF e outros.


Gostou? Então compartilhe com seus amigos! Deixe seu comentário e diga se este post foi útil para você. 😉

12 Respostas

  1. Excelente, resolveu todas as minhas dúvidas!

  2. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Que bom que o conteúdo respondeu suas dúvidas, Gabriela! Fico muito feliz com seu comentário, obrigada!

  3. Roselvira Campos

    Muito bem explicado, obrigado. Tirei minhas dúvidas.

  4. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Que bom que o post foi útil para você, Roselvira. Obrigada pelo feedback. Grande abraço!

  5. Bom dia Dani, tudo bem? Por favor, preciso de sua ajuda. Contratei uma empresa para fazer um logo, recebi os arquivo nos formatos PDF, PNG, JPG, AI e CDR. Eu abri no Ilustrator o arquivo AI e é editável, mas muuuito pequeno. Dani, mesmo pequeno o arquivo posso aumentar e colocar em capa de facebook, capa de livros, camisetas etc? Agradeço de coração pela ajuda! Abraço

  6. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Bom dia, Betania! No arquivo editável no Illustrator ou no Corel você pode aumentar sim, pois se trata de uma imagem vetorial. Isso significa que você pode aumentar ou diminuir a imagem sem perder a qualidade da resolução. Mas eu recomendo que você selecione todos os objetos e aumente o tamanho proporcionalmente. Para isso (se estiver usando o Illustrator), basta clicar com o mouse em todos os objetos do logo segurando a tecla Shift do teclado. Depois de selecionar tudo, aumente os objetos com o mouse pressionando ao mesmo tempo as teclas Shift + Alt do teclado. Feito isso, basta exportar o logotipo para o formato que precisar. Espero ter ajudado. Qualquer outra dúvida, é só comentar novamente. Abraço!

  7. Muito explicativo ! Agradeço!!!

  8. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Legal, Ricardo! Eu que agradeço pelo comentário. Que bom que o conteúdo foi útil para você! 🙂

  9. Fernando Luiz

    Passando aqui para agradecer pelas dicas, Grato!

  10. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Opa, obrigada pelo feedback, Fernando! Abraço!

  11. Agradeço pelas informações, certamente serão muito úteis para o meu início de trabalho.

  12. Dani Ferreira
    Dani Ferreira

    Olá, Leo! Obrigada pelo comentário, fico feliz que tenha apreciado 🙂
    Abraço!

Deixe uma resposta